Apresentação

Será realizada no período de 30 de outubro a 8 de novembro de 2009 a IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas. A Bienal é uma realização da Universidade Federal de Alagoas, através da EDUFAL – Editora da Universidade Federal de Alagoas, com o apoio da ABEU (Associação Brasileira dos Editores Universitários), da CBL (Câmara Brasileira do Livro), da Prefeitura de Maceió, do Governo do Estado de Alagoas e demais parceiros de instituições públicas e privadas. O patrono dessa edição é o alagoano Professor Dr. José Marques de Melo.

O evento é bem localizado, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá, com facilidade de acesso de estacionamento, dotado de segurança pública e particular, em uma área total de 5.537m², divididos em 4.727m² de área de Exposição que terá 130 estandes e 405m² de Foyer e Recepção. Conta também com cinco salas para oficinas literárias e de criação, uma sala com 180 lugares para palestras, debates, mesas redondas, um café literário para lançamentos de autores locais, um auditório para 500 lugares, além da praça de autógrafos, que possibilitará a interação entre autores independentes e o público visitante.

Com a proposta de continuidade da III Bienal, a quarta edição da Bienal do Livro tem o propósito de marcar a presença das editoras de várias partes do país junto ao público alagoano, através de seus últimos lançamentos, proporcionando aos estudantes de vários níveis, aos acadêmicos, professores e comunidade em geral a possibilidade de contato com material literário de várias áreas do conhecimento. A Bienal deve reunir representação de mais de 300 editoras universitárias e comerciais de todo o país, com aproximadamente 18 mil títulos, e receber a visita estimada de mais de 120 mil pessoas. Para esta edição, estão programadas 85 palestras, 10 eventos e 17 mesas-redondas, além de performances e espetáculos com contadores de histórias.

A rede de ensino pública e particular será mobilizada e as visitas pré-agendadas e monitoradas devem atender mais de 40 mil alunos. A visitação escolar dá a dimensão do papel do evento no contexto educacional. Significa para os estudantes um aprendizado especial e diferente da rotina das aulas. Para as escolas, é um momento único para estimular e conscientizar suas turmas sobre a importância do livro e da leitura e a amplitude do universo literário.

Seguindo os princípios de Leitura para Todos, a IV Bienal terá, em sua agenda cultural, 14 oficinas de literatura inclusiva nas mais diversas modalidades: braille, libras e oficinas voltadas para portadores de deficiências intelectuais e múltiplas.

Pela primeira vez, acontecerá em uma Bienal o Encontro do PROLER – Programa Nacional de Incentivo à Leitura –, vinculado à Fundação Biblioteca Nacional, órgão do Ministério da Cultura, e à Secretaria de Estado da Cultura. Além de fortalecer ações de estímulo à leitura, possibilitará aos gestores de bibliotecas públicas, comunitárias e rurais conhecer e visitar a Bienal.

A IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas conta com a participação dos países já confirmados: México, Peru, Costa Rica, Colômbia, Portugal, França, Angola, Moçambique, Cabo Verde e Guiné Bissau, além de uma Exposição das Editoras Universitárias da América Latina e Caribe. O país homenageado é a França, e o evento faz parte das comemorações do Ano da França no Brasil. Por isso, a Edufal estará lançando na Bienal três livros franceses com o selo da editora: Sociologia das Relações Internacionais, de Guillaume Devin (traduzido por Milani, MF Durand), Transatlantique, de François Laplantine (traduzido por Rachel Rocha e Bruno César), A mesa, o livro e os espíritos, de Marion Aubrée e François Laplantine. Completando o ciclo de lançamentos internacionais, será lançado A Dinâmica nas Ciências Econômicas e Empresariais, livro organizado pelo português Renato Pereira.

Este ano, a Bienal, em parceria com a Ediouro e o Sesc, traz grandes atrações para encantar tanto o público infantil quanto o adulto. Em exposição, os visitantes poderão conhecer o maior livro do mundo, uma edição de 300 kg do clássico O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, além de se divertirem com a maior palavra-cruzada direta do mundo e com um caça-palavra gigante.

A cobertura completa da Bienal, com os últimos acontecimentos e entrevistas com autores, estará disponível em posts exclusivos no blog do Portal Literal (www.portalliteral.com.br).

Para outras informações sobre a IV Bienal Internacional do Livro de Alagoas, acesse www.edufal.com.br/bienal2009. Lá você poderá encontrar:

Autores participantes, com informações sobre vida e obra dos autores e oficineiros;
Sinopse das oficinas, os objetivos e público-alvo das oficinas;
Programação:

E muito mais!

Orientações para oficinas

Lançamentos, espetáculos, palestras e mesas-redondas: