Seu navegador não suporta javascript
Este site se preocupa com acessibilidade. Clique e saiba mais

Autores Participantes 

Patrono da V Bienal Internacional do Livro de Alagoas (2011)

Patrono da Bienal

Audálio Dantas

Alagoano, iniciou a carreira como repórter da Folha da Manhã — hoje Folha de S. Paulo — em 1954, passando em seguida pelas redações das revistas O Cruzeiro, onde foi redator e chefe de reportagem; Quatro Rodas, nas funções de editor de turismo e redator-chefe; Realidade, como redator e editor; Manchete, como chefe de redação; e Nova, como editor. Um dos maiores repórteres do Brasil, premiado pela ONU pela luta em defesa dos direitos humanos, também foi presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo. Primeiro presidente — eleito pelo voto direto — da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), atualmente é vice-presidente da União Brasileira de Escritores (UBE), conselheiro do Instituto Vladimir Herzog, diretor da Audálio Dantas Comunicação e Projetos Culturais e diretor da revista “Negócios da Comunicação”.

Alberto Lins Caldas

Graduação em História (Universidade Federal de Pernambuco/UFPE - 1986), Mestrado em História (Universidade Federal de Pernambuco/UFPE - 1990) e Doutorado em Geografia Humana (Universidade de São Paulo/USP - 2000). Professor Associado I - DE (Universidade Federal de Alagoas/UFAL). Área de História com ênfase em Teoria e Metodologia da História. É coordenador do Centro de Hermenêutica do Presente - UFAL.

Alice Ruiz

Começou a escrever contos com 9 anos de idade, e versos aos 16. Foi "poeta de gaveta" até os 26 anos, quando publicou, em revistas e jornais culturais, alguns poemas. Mas só lançou seu primeiro livro aos 34 anos. Alice publicou, até agora, 19 livros, entre poesia, traduções e uma história infantil. Compõe letras desde os 26 anos - tem mais de 50 músicas gravadas por parceiros e intérpretes. Lançou, em 2005, seu primeiro CD, o Paralelas, em parceria com Alzira Espíndola, pela Duncan Discos, com as participações especialíssimas de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes. Já ganhou vários prêmios, incluindo o Jabuti de Poesia, de 1989, pelo livro Vice Versos e o Jabuti de Poesia, de 2009, pelo livroDois em Um.

Almir Almeida de Oliveira

Professor substituto da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). Mestrando em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) com bolsa de fomento da FAPEAL. Graduado em Letras pela Universidade de Pernambuco (2005) e Especialista em Programação do Ensino de Língua Portuguesa pela mesma instituição (2007).

Amaro Hélio Leite da Silva

Graduado em Ciências Sociais, especialista em História do Nordeste e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Atua como docente do Centro Federal de Educação Tecnológica de Alagoas (CEFET-AL) e da Faculdade Integrada Tiradentes (FITs). Realiza pesquisas sobre os índios de Alagoas desde 2002. Tem experiência nas áreas de Sociologia e História.

Amir Piedade

Pedagogo e mestre em Ciências da Religião pela PUC/SP. Autor de vários livros de literatura infantil, editor de Literatura e Educação da Cortez Editora, professor da UNIMESP-FIG e do magistério oficial do Estado de São Paulo.

Ana Cristina Quixabeira

Nutricionista pela UFAL. Especialista em Programa de Saúde da Família – UNAERP –SP. Mestre em Ciência e Tecnologia de Alimentos – UFPB. Coordenadora e professora do curso de bacharel em Nutrição – FMN. Nutricionista Clínica da Equipe de Nutrição do HGE. Professora de Metodologia Científica da Pós-Graduação - FMN

Ana Florinda S. Dantas

Possui graduação em bacharelado em Direito pela Universidade Federal da Bahia (1976), especialização em Direito Constitucional pela Universidade Federal de Alagoas ( 2000), pós-graduação em Gestão do Comportamento Humano-Psicologia das Organizações pelo CESMAC (2010) e mestrado em Ciências Jurídicas pela Universidade de Lisboa (2002). Doutoranda em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade de Lisboa. Atualmente é Juíza de Direito –TJ-AL, coordenadora do Núcleo de Promoção da Filiação do TJ-Al e membro do Conselho Consultivo do FERC-Fundo Especial para o Registro Civil de Alagoas. Professora da Escola Superior da Magistratura do Estado de Alagoas e da graduação e pós-graduação da Faculdade de Direito de Maceió-CESMAC. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito de Família, atuando principalmente nos seguintes temas: direito de família, código civil, divórcio e paternidade e filiação.

Ana Maria César

Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade do Recife (atual UFPE) e em Letras Neolatinas, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade Católica de Pernambuco.É membro da Academia Recifense de Letras , da União Brasileira de Escritores-Secção Pernambuco; da Academia Letras e Artes do Nordeste, onde já exerceu a presidência em dois mandatos, de 1998 a 2002, e membro honorário da Sobrames.

Anamaria da Costa Cruz

Bibliotecária, professora adjunta da Universidade Federal Fluminense, membro do Comitê Brasileiro 14-Documentação e Informação, autora de livros na área de Catalogação e Normalização.

André Trigueiro

É jornalista com pós-graduação em Gestão Ambiental pela COPPE/UFRJ onde hoje leciona a disciplina “Geopolítica Ambiental”, professor e criador do curso de Jornalismo Ambiental da PUC/RJ, autor do livro “Mundo Sustentável - "Abrindo Espaço na Mídia para um Planeta em transformação", coordenador editorial e um dos autores do livro "Meio Ambiente no século XXI", e “Espiritismo e Ecologia”, lançado na Bienal Internacional do Livro, no Rio, pela Editora FEB, 2009. É apresentador do Jornal das Dez e editor-chefe do programa Cidades e Soluções, da Globo News. É também comentarista da Rádio CBN e colaborador voluntário da Rádio Rio de Janeiro.

Andréa Carnaúba

Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal de Alagoas (1991). Atualmente é coordenadora geral de pós-graduação da Faculdade Maurício de Nassau / AL. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Recursos Humanos. É diretora executiva da JÁ Consultoria em Gestão de Pessoas e Negócios. Atualmente é diretora regional de integração Nordeste da ABRH Nacional.

Bruno Cesar Cavalcanti

Pesquisador e professor de Antropologia no Instituto de Ciências Sociais da Universidade Federal de Alagoas (LACC/ICS/UFAL); desenvolve estudos sobre políticas culturais, culturas populares, eventos festivos de massa e sobre o afro-alagoano, tendo publicado artigos, elaborado projetos e participado de fóruns e congressos sobre essas temáticas.

Carlindo de Lira Pereira

É graduado em Letras pela Faculdade de Formação de Professores - FFPA,(1988). Fez Pós-graduação em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (2000). É membro da ACALA - Academia Arapiraquense de Letras e Artes e autor dos livros:Prelúdios Poéticos (2001), e O texto literário em sala de aula: o professor como mediador entre texto e aluno(2003).

Carlos Alberto Montanari

Possui graduação em Química - Faculdades Oswaldo Cruz (1981), mestrado em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo (1987) e doutorado em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo (1991). Em 1995, realizou estágio de pós-doutorado em Química Medicinal sob a supervisão de Michael Tute, Pfizer/Universityof Kent, UK. Em 2003, obteve o título de Livre Docente no Instituto de Química da USP. Atualmente é professor associado do Instituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Medicinal, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento de fármacos, QSAR 3D e biocalorimetria. É coordenador do Grupo de Química Medicinal do IQSC/USP.

Carlos Cavalcanti de Albuquerque Filho

Juiz de Direito titular da 21ª Vara Cível/Sucessões da Comarca de Maceió, coordenador e professor da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (ESMAL), coautor do livro "Direito das Sucessões e Conciliação", publicado pela Edufal.

Celi Taffarel

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Pernambuco (1976), mestrado em Ciência do Movimento Humano pela Universidade Federal de Santa Maria (1982) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1993). Pós--Doutorado na Universidade de Oldenburg, Alemanha, (1999). Atualmente é professora titular da Universidade Federal da Bahia. Bolsista do CNPq. Diretora da Faculdade de Educação da UFBA. Tem experiência na área de Ciências do Esporte, com atuação nas problemáticas significativas, a saber: formação de professores, produção do conhecimento cientifico, politicas públicas e trabalho pedagógico. A ênfase na educação é com Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação do Campo, currículo, formação de professores, politicas educacionais.

Celso Antunes

Nasceu em São Paulo em 1937. É bacharel e licenciado em Geografia pela Universidade de São Paulo, mestre em Ciências Humanas e especialista em Inteligência e Cognição, além de Técnicas de Ensino e Aprendizagem. É autor de cerca de 180 livros entre didáticos, paradidáticos e de divulgação de métodos pedagógicos e também consultor de diversas revistas especializadas em ensino e aprendizagem. Trabalha com educação há mais de 40 anos e tem suas teorias inspiradas pelas ideias de Jean Piaget, CélestinFreinet, Lev Vygotsky, Paulo Freire e Darcy Ribeiro, entre outros. Desde 1975 desenvolve densa pesquisa sobre temas ligados à neuropedagogia e educação. Publicou mais de 40 livros, muitos desses traduzidos e editados na América Latina, América do Norte e Europa.

Celso Sisto

Celso Sisto é escritor, ilustrador, contador de histórias do grupo Morandubetá (RJ), ator, arte-educador, crítico de literatura infantil e juvenil, especialista em literatura infantil e juvenil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Doutorando em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e responsável pela formação de inúmeros grupos de contadores de histórias espalhados pelo país. Tem 34 livros publicados para crianças e jovens e já recebeu vários prêmios pela qualidade de sua obra, dentre eles o prêmio de autor revelação (FNLIJ, 1994) e ilustrador revelação (FNLIJ, 1999).

Cícero Péricles

Possui graduação em Economia pela Universidade Federal de Alagoas (1985), mestrado em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (1992) e doutorado em Economia pela Universidad de Córdoba - Espanha (1997). Autor de dois livros sobre economia regional. Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economias Agrária e dos Recursos Naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento, alagoas, Nordeste e agricultura.

Cipriano Luckesi

É um dos nomes de referência em avaliação da aprendizagem escolar, é integrante do Grupo de Pesquisa em Educação e Ludicidade da Universidade Federal da Bahia. É mestre em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, da Universidade Federal da Bahia e doutor em Educação: Filosofia e História da Educação

Clarice Ferraz

Professora do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas. Atuando nas temáticas de Sociologia da Comunicação; Políticas de Informação Científica, Tecnológica, Inovação; Leitura como processo social; Biblioteca Escolar e Cidadania; Disseminação da Informação. Com experiência em Educação especialmente no ensino Agrícola e Magistério atuando como professora em Escola Agrotécnica Federal e na Rede Pública Estadual de Pernambuco. Desenvolvendo estudos no campo da Pedagogia, Licenciaturas e Biblioteconomia nas temáticas: Leitura,Biblioteca Escolar e Cidadania ; Produção Científica / Bibliometria e Comunicação[Ciência da Informação]

Cláudia Pimentel

Professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), do Setor de Estudos da Educação Infantil. Desenvolve pesquisa sobre políticas de livro e leitura. Possui graduação em Pedagogia e mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1992). Concluiu o doutorado no programa de pós graduação em Educação - UFRJ (2011). Tem experiência na área de Educação, na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, com ênfase em alfabetização, leitura, escrita, literatura infanto-juvenil e sala de leitura.

Cleber Nauber

Bacharel em Desing – UNIFACS, especialista em Design de Interfaces UNIFACS e Mestre em Educação Brasileira UFAL, na linha de pesquisa Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação. Desenvolve pesquisas na área de EAD junto ao grupo GroW/IC/UFAL e ao grupo de Tecnologia/CEDU/UFAL. Professor do curso de Educação do Campo e TIC (Especialização/CEDU/UFAL). Professor do curso Capacita (Extensão/CIED/UFAL). Tutor do curso de Mídias na Educação - Intermediário (Especialização/CEDU/UFAL). Professor da Faculdade Maurício de Nassau nos curso de bacharelado em Design e Publicidade e professor da pós-graduação do Curso de Especialização em Tutoria online. Desde 1996 desenvolve trabalhos integrando Design, Educação e Tecnologia.

Cléo Busatto

Escritora com obras literárias para crianças. Também produz e narra histórias em CD-ROMs. O material é resultado da sua pesquisa sobre narração oral no meio digital. Mestre em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mediadora em projetos sobre oralidade, leitura e literatura infanto-juvenil. Publicou livros teóricos sobre oralidade. Nos últimos cinco anos capacitou mais de 50.000 pessoas. Atua como narradora oral. Suas histórias já foram ouvidas por mais de 75.000 pessoas no Brasil e exterior.

Cleriston Izidro dos Anjos

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004) e Mestrado em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é Professor Assistente da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e cursa o Doutorado em Educação na mesma instituição. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, Educação Infantil, Múltiplas Linguagens e Formação de Professores. É membro do Grupo de Pesquisa; Educação e relações étnico-raciais; na Linha de Pesquisa;Relações étnico-raciais na Educação.

Dalgiza Andrade Oliveira

Professora Assistente do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas. Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007-). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2003-2005). Bacharel em Biblioteconomia pela Escola de Biblioteconomia da Universidade Federal de Minas Gerais (1987-1991). Tem experiência na área de Ciência da Informação e Biblioteconomia, com ênfase em Gestão da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: cidadania, prática informacional, gestão da informação arquivística, memória e documentação, pesquisa cientifica, ciência da informação, de ontologia biblioteconômica e mercado de trabalho. Ministra disciplinas sobre Fontes e Disseminação da Informação e Formação e Desenvolvimento de Coleções.

Dalgoberto Miquilino Pinho Junior

Graduado em Sistemas de Informação pela Faculdade de Alagoas (2006), especialização lato-sensu MBA Gerência de projetos pela Fundação Getúlio Vargas-AL(2010), mestrado em Modelagem Computacional do Conhecimento pela Universidade Federal de Alagoas-UFAL (2011), Pós-graduando em, Gestão Pública Municipal pela Universidade Federal de Alagoas-UFAL (2010). Atualmente é Supervisor de Tecnologia da Informação das Organizações Arnon de Mello, Diretor de tecnologia da informação da Associação Brasileira de Recursos Humanos - AL, Coordenador do curso de graduação em Redes de computadores da Faculdade Maurício de Nassau-AL, Coordenador do curso de pós-graduação em Gerenciamento de Projetos da Faculdade Maurício de Nassau-AL, professor-tutor do curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas na Universidade Norte do Paraná. Trabalha com projetos web, arquitetura da informação, gerência de projetos, usabilidade e ministra aulas há 13 anos.

David Palatnik

Carioca, nascido em 1953, é diretor de arte com passagens em algumas agências de publicidade e, atualmente, dedicando-se também à ilustração para literatura infantil.  Mora atualmente em João Pessoa (PB).

Dirceu Benincá

Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em 2010, com estágio doutoral no Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra (Portugal), em 2009; mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP (2006); especialista em Comunicação Social pela Universidade São Francisco (USF) de São Paulo/SP (2001); graduado em Teologia pelo Instituto de Teologia e Pastoral (ITEPA) de Passo Fundo/RS (1992); licenciado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia Nª Sª da Imaculada Conceição (FAFIMC), de Viamão/RS (1989). Foi professor no Instituto de Teologia e Pastoral (ITEPA) e nas Faculdades Integradas Claretianas, em São Paulo/SP. Desde 2004, é colaborador do Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular (CESEP), de São Paulo/SP. Sua atuação e estudos envolvem as áreas de teologia, eclesiologia, história regional, comunicação social, movimentos sociais e meio ambiente. É autor de diversos livros e artigos científicos. Desde fevereiro de 2010 exerce a função de Coordenador Administrativo da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim.

Dominique Desjeux

É professor e pesquisador de Antropologia Social na Universidade Paris-Sorbonne (Paris V), onde dirige o doutorado profissional em Ciências Sociais, estando especialmente voltado à exploração do fenômeno do consumo. É membro criador do Centre de Recherche Argonautes, autor e organizador de inúmeras publicações, conferencista e consultor, tendo realizado estudos e intervenções na África, na China, nos Estados Unidos e Europa. Além dos sistemas de consumo, seus interesses englobam as relações entre cultura e desenvolvimento; vida cotidiana e empresas; sistemas de informação, processos de decisão, de inovação e mercado; sistemas de alimentação e saúde; sistemas dos objetos e outros.

Douglas Apratto Tenório 

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Alagoas (1972) , especialização em Curso de Técnicas de Ensino pelo Centro de Estudos do Pessoal do Ministério do Exército (1989) , mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1992) , doutorado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1994) , aperfeiçoamento em Curso de Metodologia da Pesquisa pela Universidade Federal de Alagoas (1988) e aperfeiçoamento em Problemas Atuais da História pela Universidade Federal de Alagoas (1988) . Atualmente é Professor do Centro de Ensino Superior de Maceó. Tem experiência na área de História. Atuando principalmente nos seguintes temas: populismo, impeachement, Política. 28/09/04.

Edith Seligmann Silva

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Pará (1959), especialização em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (1978) e doutorado em Medicina (Medicina Preventiva) [Sp-Capital] pela Universidade de São Paulo (1973) . Atualmente é funcionário da Escola de Administração de Empresas de São Paulo. Atuando principalmente nos seguintes temas: Sociedade, Cultura, Saúde, Amazônia.

Élcio de Gusmão Verçosa

Bacharel e licenciado em Letras pela Universidade Federal de Alagoas, mestre em Política e Planejamento Educacional pela Universidade Federal de Pernambuco e doutor em Educação pela Universidade de São Paulo. Atualmente, é integrante da Câmara de Educação Superior do Conselho Estadual de Educação. É professor adjunto IV aposentado e voluntário do Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro de Educação da Universidade Federal de Alagoas, tendo sido agraciado com o título honorífico de Professor Emérito desta universidade. É, ainda, no momento, Professor Visitante da Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL, Coordenador Acadêmico e Professor da SEUNE. Com experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação em Alagoas, Política e Planejamento da Educação, Ensino Superior, Sociedade, Cultura e Educação em Alagoas, atua ainda como integrante de comissões ad hoc de avaliação institucional do INEP/MEC.

Élcio de Gusmão Verçosa Filho

Possui graduação em Cinema pela Fundação Armando Álvares Penteado (2000), mestrado em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003) e doutorado em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2007). Tem experiência na área de Teologia e Filosofia moderna, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria da religião, teologia mística, patrística, crítica filosófica da Religião, Filosofia Política, Filosofia Moderna e Filosofia da Religião. Trabalha também como roteirista, diretor de cinema e publicidade e tradutor de publicações especializadas em Filosofia Antiga e Religião.

Elder Maia

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (2002), mestrado em Sociologia pela Universidade de Brasília (2004) e doutorado em Sociologia pela Universidade de Brasília (2009). Atualmente é professor Adjunto II do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), setor de sociologia, e professor do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da mesma instituição.É membro do grupo de pesquisa Cultura, memória e desenvolvimento, pertence a linha de pesquisa Cultura, patrimônio e memória do PPGS, e também líder do Laboratório de Investigação sociológica (SocioLab), além de vice-coordenador do PPGS-UFAL e representante do ICSUFAL junto a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas.Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em teoria sociológica e Sociologia da cultura, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura popular, sertão nordestino, consumo simbólico, sociologia dos intelectuais, pensamento social brasileiro, economia da cultura e políticas culturais . É membro também do comitê editorial da Revista Latitude, além de pertencer ao Núcleo de Estudos Sobre a Internacionalização do Turismo em Sociedades Periféricas.

Elias André da Silva

É doutorando em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, possui graduação em licenciatura plena em Letras pela Universidade Federal de Alagoas - UFAL (1999) e mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (2003). Atualmente é professor mestre (licenciado) da Faculdade Raimundo Marinho de Penedo, mantida pela Fundação Educacional do Baixo São Francisco Dr. Raimundo Marinho. Tem experiência na área de Letras e Pedagogia e Direito, com ênfase em Letras.

Elias Barbosa da Silva

Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Alagoas. Atualmente, é bibliotecário da Escola de Educação Básica e Profissional Fundação Bradesco e bibliotecário da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Técnicas de Recuperação de Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: pesquisa escolar, informatização de acervo, biblioteca universitária, biblioteca escolar - dinamização e tratamento técnico.

Elione Maria Nogueira Diogenes

É historiadora e mestre em Avaliação de Políticas Públicas pela Universidade Federal do Ceará, com doutorado em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Maranhão. Atualmente é professora adjunta I da Universidade Federal de Alagoas, lotada no Centro de Educação em que desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão nos cursos de Pedagogia e no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira. Atua em três grupos de pesquisa: Grupo de Pesquisa sobre Estado, Políticas Sociais e Educação Brasileira (GEPE), Gestão e Avaliação Educacional (GAE) e o Caminhos da Educação em Alagoas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Planejamento e Avaliação Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, gestão educacional e gestão democrática, educação básica (níveis: fundamental e ensino médio), processos educativos escolares e não escolares, direitos humanos e história da educação.

Ernane Santana dos Santos

Médico e escritor, pertence a vários sodalícios culturais.

Fátima Maia

Escritora e compositora. Formada em Gestão de Pessoas com especialização em Psicopedagogia. Dedica-se ao trabalho de compor histórias, poemas e músicas para crianças. É compositora da música tema do programa infantil Caralâmpia apresentado pela TV e Rádio Educativa local. Teve seu texto e sua música publicados no livro de educação infantil e Cd do Grupo Positivo de Educação, com circulação nacional. Desenvolve trabalhos com crianças desde 1979 quando começou a lecionar aulas de baby class e recreação infantil nos colégios. Participou de atividades com crianças junto ao Núcleo de tradições populares de Alagoas durante o evento “Maceió, Capital Americana da Cultura” realizado no Pontal da Barra bem como outras atividades no núcleo de replantio da vegetação nativa da Mata Atlântica, Arboretum, pertencente à Universidade Federal de Alagoas.

Fernando Fiúza Moreira

Possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Pernambuco (1984), mestrado em Langue ET Littérature Françaises pela Université Stendhal Grenoble-III (1997) e doutorado em Langue et Littérature Françaises pela Université Stendhal Grenoble III (2000) . Atualmente é professor adjunto 1 da Universidade Federal de Alagoas e Professor da Faculdade de Letras/UFAL. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada.

Fernando Morais

É jornalista desde 1961. Trabalhou nas redações do Jornal da Tarde, Veja, Folha de S. Paulo e TV Cultura. Recebeu três vezes o Prêmio Esso e quatro vezes o Prêmio Abril de Jornalismo. É autor dos roteiros das minisséries documentais Brasil 500 Anos e Cinco dias que abalaram o Brasil, exibidas pelo canal GNT/Globosat.Tem livros traduzidos em dezenove países. Em 2001Corações sujos recebeu o Prêmio Jabuti de Livro do Ano de Não-Ficção. Em 2004 Olga foi transformado em filme pelo diretor Jayme Monjardim, tendo sido visto por mais de cinco milhões de espectadores e indicado pra representar o país no Oscar de 2005. É membro do Conselho Político do jornalBrasil de Fato e do Conselho Superior da Telesur, TV pública latino-americana sediada em Caracas, Venezuela. É membro da Academia Marianense de Letras, onde ocupa a Cadeira nº 13, que teve como primeiro titular o presidente Tancredo Neves.

Flávia Goulart Garcia Rosa

Possui graduação em Comunicaçao pela Universidade Federal da Bahia (1979), mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Bahia (2006) e doutorado em Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia (2011). Atualmente é professora Adjunto IV da Universidade Federal da Bahia, uma das fundadoras do extinto Instituto Baiano do Livro. Foi por duas gestões presidente(2005-2007 e 2009-2011) da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (Abeu). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo e Editoração, atuando principalmente nos seguintes temas: comunicação cientifica, universidade, atividade editorial, acesso a informação e editoração.

Francisca Rosaline L. Mota

Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Tecnologia da Informação, atuando principalmente como pesquisadora nas áreas de Informação e Saúde, Sistemas de Informação em Saúde, Direito e Saúde, Telemedicina, Telessaúde e Teleassistência.

Gicelma de Oliveira Cavalcante

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia- BA (1997) e especialização em Planejamento Educacional pela Universidade Salgado de Oliveira - RJ (2000). Professora auxiliar da Universidade do Estado da Bahia (2001), membro do Conselho Municipal da Mulher - Paulo Afonso (BA) e Coordenadora da Comissão Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: infância; cultura; educação, arte; educação; pedagogia e educação; arte; ludicidade.

Giselly Lima de Moraes 

Professora da Universidade Federal de Alagoas, mestre em Educação (UFBA), possui especialização em Literatura Brasileira e graduação em Pedagogia. Tem experiência na área de Educação como docente de graduação e de pós-graduação e como consultora pedagógica no Ensino Fundamental. Atua e pesquisa sobre os seguintes temas: Formação do leitor, leitura literária, formação de professores e didática do Ensino Fundamental.

Hamilton Werneck

Pedagogo, pós-graduado em educação e professor para o ensino superior, escritor e conferencista. Com 25 livros publicados e 7 DVDs educativos, Hamilton Werneck já realizou mais de 1.600 conferências em todo o Brasil envolvendo colégios, secretarias de educação, sindicatos patronais e de classe e universidades. Foi Secretário de educação do município de Nova Friburgo - RJ. Seu livro "Como Vencer na Vida Sendo Professor", foi traduzido no México, para todos os países de língua espanhola; "O Profissional do Século XXI", está sendo traduzido para o inglês. Escreve para a revista Profissão Mestre e faz parte do Conselho Editorial desta revista. Escreve para vários sites educacionais. Trabalha na Universidade Candido Mendes. 

Helena Bonito

Graduada em Letras pela Universidade de São Paulo (1972), mestre em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (1988) e doutora em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (1995). Fez estágio pós-doutoral na Universidade da Califórnia em Riverside (2006). É Professora Adjunto e Coordenadora de Publicações Acadêmicas na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), onde foi Decano (Pró-Reitora) de Extensão (2008-2010). É filiada à ICLA - International Comparative Literature Association. É membro titular do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo desde 2002. É parecerista da FAPESP, do PIBIC-Mackenzie, da Revista Todas as Letras, dentre outros periódicos ou órgãos acadêmico-científicos, é filiada a União Brasileira de Escritores (UBE).

Hilda Elena Hernández

Coordenadora Nacional Red ALTEXTO, Editoriales Universitarias y Académicas de México, Directora Editorial ITESO, Universidad Jesuita de Guadalajara, México

Hildeberto Barbosa

Professor, Poeta e Critico literário. Autor de inúmeros livros na área da literatura, envolvendo poesia, ensaios, críticas e jornais literários. Membro da Academia Paraibana e Letras e da Academia Paraibana de Filosofia. Possui doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2000), Mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1987), graduação em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1983), graduação em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (1978). Atualmente é professor titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Isvânia Marques

Natural de Palmeiras dos Índios (AL). Graduada em Letras, pós-graduada em Docência para o Ensino Superior, revisora de textos e professora de escolas e unidades de ensino superior. Pertence ao quadro de Sócio Efetivo da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias (Brasília-DF), da Academia Maceioense de Letras e da Academia Palmeirense de Letras, Ciências e Artes (atualmente exercendo o cargo de Presidenta); é Sócia Honorária da Academia Alagoana de Cultura e da SOBRAMES (Sociedade Brasileira de Médicos Escritores) - Regional Alagoana. É, ainda, integrante do Grupo Literário Alagoano desde 2000. Em dezembro de 2005, foi-lhe outorgada a “Medalha do Mérito Acadêmico”, pela Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias (Brasília-DF) pelo destaque no panorama cultural do país, assim como o título de “Destaque na Literatura Infantil” conferido pela Academia Maceioense de Letras.

Ivanildo Gomes dos Santos

Está cursando Mestrado em Educação Brasileira, no Centro de Educação-CEDU da Universidade Federal de Alagoas. Possui especialização em Administração de Arquivos e Documentação pela Universidade Federal de Alagoas (2009) e graduação em História pela Universidade Federal de Alagoas (2005).

Iuri Rocio Franco Rizzi 

Atua nas áreas de Biblioteconomia e Ciência da Informação, com foco em Organização e Recuperação da Informação. Possui graduação em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Trabalha com temas relacionados a classificação bibliográfica, catalogação, leitura e preservação documental. Atualmente é professor do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Tem experiência também em projetos relacionados a leitura e disseminação da informação por meio de extensão universitária e projetos culturais.

Jairo José Campos da Costa

Mestre em Letras pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB, licenciado em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN. Atualmente é professor Assistente de Literatura Brasileira e Teoria da Literatura do Campus V da Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL, União dos Palmares-AL, afastado de suas atividades docentes depois de ter assumido a reitoria da mesma Universidade em 14 de outubro de 2010. Tem experiência na área de Gestão Educacional e na área de Letras, com ênfase em Literatura, atuando, principalmente, nos seguintes temas: literatura brasileira, teoria da literatura e literatura e ensino. Coordena o Núcleo de Pesquisa em Literatura-NUPEL, cadastrado pelo CNPq cujo objetivo é realizar oficinas de leitura literária, preferencialmente narrativas, a partir da contribuição teórica dos estudos de Literatura e Sociedade X Literatura e Ensino.

JederJanotti Junior

É professor do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE, professor adjunto da Universidade Federal de Alagoas e professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da UFBA.

Jerzuí Mendes Torres Tomaz

Cursou doutorado em Letras e Lingüística na Universidade Federal de Alagoas (2007). Possui mestrado em Letras e Lingüística pela mesma universidade (1999). Iniciou a graduação em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (1982) e concluiu no Centro de Estudos Superiores de Maceió (1988). É professora adjunta I do Centro de Educação - CEDU e professora colaboradora da Faculdade de Medicina - FAMED/UFAL. Integra o corpo docente permanente da Pós Graduação em Letras e Lingüística - PPGLL/UFAL e do Mestrado em Ensino da Saúde FAMED/UFAL. É analista membro do Centro de Estudos Freudianos do Recife - CEFR. Seus interesses de pesquisa acadêmica abrangem as interfaces entre Psicanálise e Literatura, Psicanálise e Arte, Psicanálise e Educação e Psicanálise e Saúde Pública.

Jessier Quirino

Arquiteto por profissão, poeta por vocação, matuto por convicção. Paraibano de Campina Grande, filho adotivo de Itabaiana - onde reside desde 1983. Autor dos livros "Paisagem de Interior", "A Miudinha", "O Chapéu Mau e O Lobinho Vermelho", "Agruras da Lata D'Água", "Prosa Morena", "Política de Pé de Muro" e "A Folha de Boldo - Notícias de Cachaceiros", além de cordéis, causos, músicas e outros escritos, Jessier é um interessado na causa poética e na tradição oral do seu povo e persegue fatos e histórias do interior nordestino com olhos e faro de rastejador.

João Canossa

Jornalista, com especialização em Comunicação e Saúde e no segmento editorial. Mestrando em Saúde Pública pela Ensp/Fiocruz (Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca/Fundação Oswaldo Cruz). Editor executivo da Editora Fiocruz. Vice-presidente da Abeu (Associação Brasileira das Editoras Universitárias) e vice-presidente para a Região do Atlântico da Eulac (Associação das Editoras Universitárias da América Latina e Caribe). Membro titular do Conselho Editorial do Ministério da Saúde e do Conselho Curador do Fiocruz Vídeo.

Joaquim Campelo

Formado em Jornalismo pela Universidade do Brasil. Em 1985 Campelo, deixa o Jornal do Brasil, no Rio, e vai para o Palácio do Planalto, com José Sarney na Presidência da República. Em 90 é agregado CLT no gabinete do senador José Sarney e, em 1997, com a criação do Conselho Editorial do Senado assume a função de editor, lançando livros de caráter político, histórico e econômico sobre a realidade brasileira, buscando preencher uma lacuna grave na bibliografia nacional, com obras inéditas ou republicando obras fora do catálogo das editoras.

Joelma Rodrigues

Doutora em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco, utiliza em suas incursões literárias o pseudônimo Jo A-mi. Como educadora e pesquisadora, trabalha com Literatura e navega por áreas interdisciplinares relacionadas à Filosofia, Sociologia e Arte: publicando artigos críticos que dialogam nesses campos. Ministra oficinas e cursos de Leitura e Escrita ligados à composição de textos literários.

Jonas Ribeiro

Escritor e contador de histórias, é formado em Língua e Literatura Portuguesas pela PUC-SP e, como ele próprio diz, formado também “pelos tantos livros que leu por prazer em bibliotecas públicas ou que garimpou em livrarias”. Vive inventando um jeito de aproximar as pessoas dos livros e da leitura. Visitou um bocado de escolas e escreveu um outro tanto de livros. Site: www.jonasescritor.com.br

Jorge Carvalho

Professor do Departamento de História e do Mestrado em Educação da Universidade Federal de Sergipe e doutor em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atuou como pesquisador (bolsa sanduíche CAPES) na Johan Wolfgang GöetheUniversität de Frankfurt, na República Federal da Alemanha. É mestre em História e Filosofia da Educação, também pela PUC de São Paulo. Fez curso de especialização em Desenvolvimento Econômico e Relações Internacionais pela Universidade de Havana/Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais e em Administração Pública pela Universidade de Campinas/Fundação de Desenvolvimento da Administração Pública. Estudou Direito e é licenciado em Pedagogia. Coordena o Grupo de Pesquisa em História da Educação da UFS. É membro da diretoria da Sociedade Brasileira de História da Educação e do Conselho Editorial da Coleção História da Educação da Editora Autêntica e publicou diversos livros.

Jorge Luis de Souza Riscado

Doutorando em Saúde Pública - ENSP/FIOCRUZ. Possui mestrado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1992). Atualmente é professor adjunto 4 da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: aids, dst, comportamento sexual, prevenção e epidemiologia.

Jorge Luiz Soares

Médico e escritor, pertence a vários sodalícios culturais.

José Castilho Marques

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1976) e doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1992) e Presidente da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU). Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus de Araraquara, e exerce, desde 1988, funções de direção editorial junto à Editora UNESP. Desde abril de 1996, é Diretor Presidente da Fundação Editora da UNESP. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em História da Filosofia e Filosofia Política atuando principalmente nos temas relacionadas à formação do pensamento de esquerda e marxista, notadamente no Brasil. Especializou-se também em editoração universitária, sendo consultor de organismos nacionais e internacionais de editoração e leitura. Dirigiu entidades e instituições do livro e da leitura como a Biblioteca Mário de Andrade em São Paulo, a ABEU, a EULAC e é ex Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e da Leitura.

José Inácio Vieira de Melo

Fez graduação em Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É co-editor da revista de arte, crítica e literatura Iararana e colunista da revista Cronópios. Sua poesia tem sido destacada por nomes importantes da literatura brasileira contemporânea, como Adelto Gonçalves, Foed Castro Chamma, Gerardo Mello Mourão, Hélio Pólvora, Hildeberto Barbosa Filho, Lêdo Ivo, Marco Lucchesi, Nelly Novaes Coelho, Olga Savary, Ruy Espinheira Filho, Sânzio de Azevedo e Moacyr Scliar, que afirma: “Teu caminho é grandioso, José Inácio. Tens um indiscutível, notável talento poético, um talento que faz de ti uma das grandes vozes da nova poesia brasileira”. Tem poemas traduzidos para o espanhol, para o francês e para o inglês.  

José Marques de Melo

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (1964), graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1965), doutorado e livre-docência em Ciências da Comunicação - Jornalismo pela Universidade de São Paulo (1973). Atualmente é professor titular da Universidade Metodista de São Paulo, onde é Diretor da Cátedra UNESCO de Comunicação. Publicou meia centena de livros e coletâneas, mais de uma centena de artigos em periódicos científicos do país e do exterior. Fundou e dirigiu sociedades científicas espaço ibero americano. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo, atuando principalmente nos seguintes temas: jornalismo brasileiro, gêneros jornalísticos, pensamento comunicacional latino-americano, história das ciências da comunicação.

Juan Felipe Córdoba Restrepro

Presidente da Asociación de Editoras Universitarias da América Latina e Caribe (EULAC), Diretor da Editora da Universidad del Rosário (Colombia).

Laerte Leite de Souza

Psicoterapeuta, psicólogo escolar e psicólogo de família.

Lêdo Ivo

Em 1943 se  matriculou na Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil, pela qual se formou. No plano internacional, Lêdo Ivo é detentor do Prêmio de Poesia del Mundo Latino Victor Sandoval (México, 2008), do Prêmio de Literatura Brasileira da Casa de las Américas (Cuba, 2009) e do Prêmio Rosalía de Castro, do PEN Clube da Galícia (Espanha, 2010). É sócio efetivo da Academia Alagoana de Letras, sócio honorário do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, sócio efetivo da Academia de Letras do Brasil, sócio honorário da Academia Petropolitana de Letras; sócio correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal.

Letícia Casotti

Possui graduação em Economia pela Universidade Cândido Mendes (1982) , mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987) , doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e aperfeicoamento em CPCL - Colloquium on Participant-Centered Learning pela Harvard University (2000) . Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Administração , com ênfase em Administração de Empresas. Atuando principalmente nos seguintes temas: Alimentos, Comportamento do Consumidor.

Licurgo Spinola

Formou-se como dentista, tendo estudado na PUC-PR. Entrou para o grupo de teatro " Tanahora", da faculdade, quando ainda estudante. E fez a peça:  "Bella Ciao", nos festivais de Teatro de Blumenau,SC; Ponta Grossa, Paraná; São José dos Campos,SP; e Cascavel, PR. Ganhou então o Prêmio de Melhor Ator. Resolveu então, após trabalhar na odontologia um tempo, que queria mesmo ser ator. Foi para o Rio de Janeiro em 1994 e fez o curso de ator, na Oficina da Globo. Licurgo Spinola também é ator de teatro. No cinema, em 1999, Licurgo Spinola fez o curta: " Retrato de Um Artista Com Um 38 na Mão". E em 2009,  fez o longa: " No Meu Lugar".

Lourdes Sarmento

É sócia da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro. É sócia da Academia Recifense de Letra, com vários livros publicados.

Luciana Beserra

Graduada em Desenho Industrial pela Universidade Federal da Paraíba(UFPB, 1999), MBA em Design Estratégico (FEJAL/SEBRAE, 2003), MBA em Marketing e Publicidade (Faculdade Maurício de Nassau, 2010). Atuou como estagiária de projetos na Refinações de Milho Brasil S/A (PB), onde lecionou matemática complementar e desenho técnico. Atuou por 3 anos em agências de publicidade (AL). Prestou consultorias à UFAL AL e ao SEBRAE AL nas áreas de design e publicidade. Foi gerente do Departamento de Desenvolvimento de Produtos de empresa de Embalagens (AL).Atualmente, presta consultoria a empresas alagoanas na área de design, marketing e publicidade. Leciona no curso de Design Gráfico e no curso de Publicidade e propaganda da FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU AL.

Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros

Antropóloga - Doutorado e Mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997 e 1980); Pós-doutorado em Ciência da Literatura pela UFRJ (2008); Pós-doutorado em Antropologia pela UNICAMP (1999); Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais - Universidade Federal do Rio de Janeiro (1968); graduação em Fisioterapia - Escola de Reabilitação do Rio de Janeiro (1966). Atualmente é professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (graduação e pós-graduação) e pesquisadora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Luiz Alberto Machado

É escritor, compositor e radialista. Possui formação em Direito e Letras. É editor do Guia de Poesia do Projeto SobreSites – O diferencial humano (RJ), membro da Cooperativa da Música de Alagoas (Comusa) e Cônsul em Alagoas da Poetas Del Mundo. Desenvolve os projetos Arte Cidadã (música, teatro & literatura) e o Circo Itinerante Brincarte (para o público infanto-juvenil), entre outros voltados para a arte articulada com a cidadania e o meio ambiente. Já publicou 6 livros de poesias, 7 infanto-juvenis, 2 de crônicas e o folheto de cordel Tataritaritatá. Tem programado para lançar ainda em 2011 mais um de seus livros de poesias, O Trâmite da Solidão (em gráfica), bem como dos livros Tataritaritatá (noveletas) e Crônica de Amor Por Ela (prosapoética), em 2012.

 

Luiz Bernardo Pericás

Formado em História pela George Washington University, doutor em História Econômica pela USP (Universidade de São Paulo), pós-doutorado pela FLACSO (Facultad Latino-Americana de Ciencias Sociales), México e pela University of Texas at Austin. É autor de vários livros, como Che Guevara and the Economic Debate in Cuba (Nova Iorque, Atropos Press, 2009) e Os cangaceiros (São Paulo, Boitempo, 2010), entre outros. Foi pesquisador do CBELA (Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos/USP) e da Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo), no projeto Memória Paulista, e professor-pesquisador da FLACSO, sede acadêmica do Brasil.

Luiz Sávio de Almeida

Possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Alagoas, especialização em Direito pela Universidade Federal de Alagoas, Mestrado em Educação pela Michigan StateUniversity e Doutorado em História pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil.

Mabel Amorim

Estudou Agronomia, Economia, Contabilidade, mas foi no curso de Direito, concluído em 2004 na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), onde se destacou devido à sua paixão pela leitura e pela oratória. A paixão pela leitura e pela oratória intensificou-se nesse período, de modo que logo começou a escrever crônicas e publicá-las em jornais da cidade. Escreveu seu primeiro livro intitulado “A última Chance”” em pouco menos de três meses e publicou-o, de forma independente, pela Editora Scortecci. Seu estilo é dinâmico, fluido, o que deixa a leitura fácil, rápida e não extenuante. Participou de alguns concursos de poesia e antologias e, atualmente, é diretora-fundadora da Associação Viva Down, que atua em defesa das pessoas com Síndrome de Down.

Magnolia Rejane Andrade dos Santos

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (1980), graduação em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (1983), mestrado em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco (1988) e doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). Atualmente é professora adjunta do Curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Alagoas. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Semiótica, atuando principalmente nos seguintes temas: semiótica, jornalismo digital, jornalismo literário e divulgação científica. Coordenadora da Agência de Notícias Online Ciênci@lagoas/CNPq/UFAL, que faz divulgação científica em Alagoas e na Região Nordestina.

Marcelino Freire

É escritor. Nasceu em 1967, em Sertânia, PE. Viveu no Recife e, desde 1991, reside em São Paulo. É autor, entre outros, dos livros “Angu de Sangue” (Ateliê Editorial) e “Contos Negreiros” (Editora Record, 2005). Em 2004, idealizou e organizou a antologia “Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século (Ateliê). Criou a Balada Literária, evento que, desde 2006, reúne escritores, nacionais e internacionais, pelo bairro paulistano da Vila Madalena. É um dos integrantes do coletivo EDITH, pelo qual lançou, em julho de 2011, o livro de contos “Amar É Crime”. Atualmente, quinzenalmente, assina a coluna “Microcrônicas”, no jornal O Estado de S. Paulo.

Marcelo di Renzo

Mestrado em Educação e graduação em Comunicação Social ( Jornalismo), ambos pela Universidade Católica de Santos (1976). É professor assistente da Sociedade Visconde de São Leopoldo(Universidade Católica de Santos), membro do Comitê Editorial da revista Leopoldianum (0101-9635). Coordena a Editora Universitária Leopoldianum, da UniSantos.Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo e Radiojornalismo.Integra o Conselho Universitário da instituição. Pesquisador na área de Comunicação, Jornalismo e Meio Ambiente, com ênfase em programas de Comunicação de Risco e Monitoramento Ambiental.

Márcia Chaves-Gamboa

Pós-Doutora pela Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (2005), Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1999), Doutorado Sanduíche no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (1998), Mestre em Educação Física pela Unicamp (1993). Especialista em: Educação Física Não formal (1987), Esporte Para Todos (1986), Educação Física na Área das Ciências do Esporte (1980), Técnica de Handebol (1973). Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade do Amazonas (1973) e Licenciatura Curta pela Universidade Federal de Pernambuco (1972). Adjunto IV na Universidade Federal de Alagoas (1974-2004).

Marcos Aurélio Gomes

Possui graduação em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal do Espírito Santo (1984), especialização em Sistemas Automatizados de Informação (1995) e mestrado em Ciência da Informação (2005) ambos pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Atualmente é professor assistente da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão e administração da informação em organizações públicas e privadas, informação para negócios e marketing em unidades de informação.

Marcos Gonçalves

Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Pós-Graduado em Engenharia de Petróleo pela Universidade Federal da Bahia (UFBA); Mestrado em Engenharia de Petróleo – Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP); Pós-Graduado em Gestão de Negócios pela Fundação Instituto de Administração / Universidade de São Paulo (USP). Trabalha na Petrobrás há 22 anos e hoje é Gerente da Petrobras da Unidade de Negócios de Exploração e Produção de Sergipe e Alagoas - Ativo de Produção de Alagoas.

Margarida Patriota

Graduada em Literatura Francesa pela Columbia University. Mestre em Artes e Literatura Francesa pela Universityof British Columbia. Doutora em Literatura Francesa pela Universityof British Columbia e pós-doutora pela Indiana University. Atualmente, é professora adjunta IV da Universidade de Brasília. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: Teoria literária, Modernidade, Vanguarda, Novo romance, Romance do século XX e QrupoTelQuel.

Maria Cristina Silva

Possui graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Alagoas e está cursando Pedagogia no Instituto de Ensino Superior Santa Cecília. Possui curso de Contador de História pelo SESC e trabalha atualmente nesta área na Secretaria de Educação do Município de Arapiraca e é professora da educação infantil no Instituto de Ensino Superior Santa Cecília.

Maria das Dores Andrade de Barros

Recentemente ingressou no movimento poético Poesia e vida o qual proporcionou a participação na bienal do livro de Pernambuco (2007) onde teve papel relevante como expositora e como atração cultural. Ministra palestras sobre produção de texto e teorização de desta produção, com prioridade as produções poéticas.

Maria Heloisa Melo de Moraes

Possui graduação em Bacharelado em Letras pela Universidade Federal de Alagoas (1969), graduação em Licenciatura em Letras pela Universidade Federal de Alagoas (1970), mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (1993) e doutorado em Letras pela Universidade Federal de Alagoas (2000). Atualmente leciona Poética na pós-graduação da Academia Alagoana de Letras, em convênio com a Universidade Cidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Poética, atuando principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira, literatura infantil e infanto-juvenil, literatura e música popular, leitura e metáfora.

Maria Isabel Fernandes Calheiros

Brasileira, formada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Alagoas, com especialização em Recursos Humanos, conservação e preservação de documentos, organização de arquivos, capacitação para uso e dinamização da Biblioteca Pública, com oficinas ministradas na área de atuação.

Maria Luiza Russo Duarte

Bibliotecária, Diretora da Biblioteca Pública Estadual, Professora do Curso de Biblioteconomia da UFAL, elaboradora e coordenadora do Projeto Sorria, você está com a biblioteca, desenvolvido no Hospital da Santa Casa de Misericórdia.

Maria Teresa G. Pereira

Concluiu o Doutorado em Letras Vernáculas pela UFRJ em 1990 e o Pós Doutorado na PUCRS em 2008. É professora titular em Língua Portuguesa da UERJ, procientista (com dedicação exclusiva). Atua como professora convidada em instituições particulares na pós-graduação lato sensu. Publica em periódicos, anais e livros na área da Leitura e da Língua Portuguesa. É co-autora de três livros. Coordenou o Mestrado e o Doutorado em Língua Portuguesa da UERJ. Orientou 34 dissertações de Mestrado e 7 teses de Doutorado, além de trabalhos de IC. Participou de inúmeras bancas de Mestrado e Doutorado, bem como de concursos públicos. Recebeu três prêmios, inclusive o de melhor livro teórico de 2005 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Participou de diferentes eventos no Brasil e no exterior. Entre suas atribuições, destacam-se: parecerista, consultora, membro de júri de prêmio literário, editora-executiva de revista, membro de conselho universitário e integrante de conselho editorial. Participa de várias associações. A pesquisa atual trata da elaboração de um programa de Língua Portuguesa para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Termos mais freqüentes na contextualização da produção científica: Língua Portuguesa, Leitura, Linguagem, Texto, Estilística, Expressividade e Ensino.

Marion Aubrée

É pesquisadora do Centro de Pesquisas sobre o Brasil Contemporâneo da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais (C.R.B/EHESS) em Paris, pesquisadora  associada do Centro de Estudos Inter-disciplinares dos Fatos Religiosos  (CEIFR/CNRS/EHESS). A professora foi responsável pelas edições dos Cadernos do Brasil Contemporâneo, coordenou o curso da Faculdade de Antropologia e de Sociologia da Universidade de LYON-II, de 1987 à 1995. Entre os anos de 1991 a 1994, foi responsável pelo acordo CAPES/COFECUB (N° 123/91) entre as Universidades Federal de Pernambuco (UFPE-Recife) e do Ceará (UFC-Fortaleza). No currículo abreviado da Prof. DrªAubrée figuram mais de 70 artigos, fora àqueles que foram traduzidos para várias línguas.

Marize Sarmento

Educadora da SEEE/Dinamizadora do Projeto de incentivo à Leitura do Núcleo Cultural de incentivo à Leitura Jaime Lustosa de Altavilla (Biblioteca do CEPA) / CorAC. Realiza ações em parceria com a Biblioteca Pública. Integrante do Grupo “Contadores de Histórias da Carochinha”. Facilitadora do Projeto “Livro-Leitura” do Instituto de Desenvolvimento Humano – IDESH.

Massimo Canevacci

Possui doutorado em lettere e filosofia pela Università degli Studi di Roma La Sapienza (1973). Atualmente é Professor de Antropologia Cultural da Universidade Federal de Santa Catarina. Atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia, illuminismo, escola de frankfurt.

Monalisa Alves Barros 

Cursando Pós-graduação em Gestão Pública/UFAL (2010) Especialista em Administração de Arquivos e Documentação/UFAL (2009) Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Alagoas/UFAL (2002). Bibliotecária da Universidade Estadual de Ciências de Alagoas/UNCISAL (2003).

Nanci Helena Rebouças Franco

Doutora em Educação pela Universidade Federal da Bahia(UFBA). Mestre em Educação pela UFBA. Licenciada e Bacharel em Ciências Sociais pela UFBA. Professora Adjunta I do Centro de Educação da Universidade Federal de Alagoas. Líder do Grupo de Pesquisa Educação e Relações Étnico-Raciais (ERER). Vice-Coordenadora do curso de Pedagogia. Coordenadora do Curso de Aperfeiçoamento Educar para as Relações Étnico-Raciais - MEC/SECAD/UFAL/SEEE. Coordenadora do Curso de Extensão Formação de  Professores para Educação das Relações Étnico-Raciais.

Neyde Veneziano

Concluiu Mestrado e Doutorado em Artes (Teatro) pela Universidade de São Paulo (1989/ 1993) e Livre Docência (em Direção Teatral), também na Universidade de São Paulo (2002). Publicou quatro livros sobre Teatro de Revista e um sobre Dario Fo, além de quatro capítulos de livros e vários artigos em revistas e anais especializados. Como diretora de teatro encenou 31 espetáculos. Atualmente orienta três doutorandos na Pós-Graduação do Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas. Foi Chefe de Departamento de Artes Cênicas e professora de Teatro Brasileiro na Unicamp. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Interpretação Teatral, atuando principalmente nos seguintes temas: dramaturgia, encenação, atuação, teatro musical e teatro popular.

Nícolas Morales Thomas

Presidente da Asociación de Editoriales Universitarias de Colombia (ASEUC), Vice-presidente de Associações da EULAC e Diretor da Editorial de la Pontificia Universidad Javeriana – Bogotá.

Pasquale Cipro Neto

Professor de português desde 1975. É consultor de língua portuguesa do Departamento de Jornalismo da Rede Globo, em São Paulo, desde 1996.É colunista dos jornais Folha de S.Paulo e Diário do Grande ABC, entre outros. É autor do anexo gramatical do Manual de Redação da Folha de S.Paulo. Trabalha há dezoito anos na Folha, onde atua no Programa de Qualidade e na Editoria de Treinamento.Além de ministrar palestras por todo o país, Pasquale é o idealizador e apresentador do programa Nossa Língua Portuguesa, transmitido pela Rádio Cultura AM e pela TV Cultura, e do programa Letra e Música, da Rádio Cultura AM.

Paulo Araújo

Designer formado pela UFPB em 1983. Especialista pelo CESMAC em História (2001) e em Design Estratégico (2002); Atualmente é coordenador do curso de Design da Faculdade Maurício de Nassau, Campus Maceió (desde 2007), professor dos cursos de Design e Comunicação Social (Publicidade e Propaganda) e na Pós-Graduação da mesma instituição de ensino (desde 2005); Professor da Faculdade de Comunicação (FECOM) da FEJAL dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda (desde 1991) e da Pós-Graduação, onde ministra várias disciplinas; Sócio diretor da PRODESIGN escritório de Design Gráfico e de Produto, localizado em Maceió, AL., desde 1984. Consultor em Design pelo SEBRAE-AL; Ex professor do IFAL (antigo CEFET), da IESA/FAA e da Facima, nos cursos de Publicidade e Propaganda. Ex consultor em Design pelo SENAI-AL.

Pedro Onofre de Araújo

Advogado filiado à OAB - Seccional de Alagoas – Inscrição: Nº. 3151. Membro da Associação Alagoana de Imprensa,desde 1956.Primeiro Diretor do Museu da Imagem e do Som de Alagoas.Coordenador de Projetos Culturais da SECULT-Al.Presidente da Fundação Teatro Deodoro. Membro do Conselho Municipal do Meio Ambiente. Fundador da Academia Maceioense de Letras (1955); Fundador da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro, Recife-PE. Fundador do Teatro Cultura Do Nordeste - 1959. Sócio Fundador da Academia Alagoana De Cultura. Distinções: comenda jorge de lima (Governo do Estado de Alagoas) Comenda Graciliano Ramos (Câmara de Vereadores de Maceió).Comenda Esperidião Rodrigues(Arapiraca. Comenda Cypriano Jucá - Academia Maceioense de Letras. Relevantes Serviços Prestados ao Estado de Alagoas - Governo José Tavares - Ato Oficial nº. 777 de 13 de março 1987.

Ricardo Cabús

Possui doutorado em Arquitetura pela University of Sheffield (2002), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997) e graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas (1986). Atualmente é professor da Universidade Federal de Alagoas, membro da CIE (Comissão Internacional de Iluminação) e líder do Grupo de Pesquisa em Iluminação (Grilu). Tem experiência na área de Engenharia Civil, Arquitetura e Computação, com ênfase em Conforto Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: iluminação (natural e artificial), eficiência energética e simulação computacional.

Ricardo Kotscho

Jornalista desde 1964, já trabalhou em praticamente todos os principais veículos da imprensa brasileira (jornais, revistas e redes de TV), nas funções de repórter, editor, chefe de reportagem e diretor de redação. Foi correspondente na Europa nos anos 1970 e exerceu o cargo de Secretário de Imprensa e Divulgação da Presidência da República no governo Luiz Inácio Lula da Silva, no período 2003-2004. Ganhou os premios Esso, Herzog, Carlito Maia e Cláudio Abramo, entre outros. Em 2008, foi um dos cinco jornalistas brasileiros contemplados com o Troféu Especial de Imprensa da ONU. Tem 19 livros publicados _ entre eles, “Do Golpe ao Planalto _ Uma vida de Repórter” (Companhia das Letras) e “A Prática da Reportagem” (Ática). Casado com a mesma mulher, a Mara, há 40 anos, tem duas filhas muito bonitas, três netos maravilhosos e um sítio em Porangaba, onde já plantou muitas árvores.

Rubens Alves

Bacharel e Mestre em Teologia, Doutor em Filosofia (Ph.D.) pelo Seminário Teológico de Princeton (EUA) e psicanalista. Lecionou no Instituto Presbiteriano Gammon, na cidade de Lavras, Minas Gerais, no Seminário Presbiteriano de Campinas, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro e na UNICAMP, onde recebeu o título de Professor Emérito. Tem um grande número de publicações, tais como crônicasensaios e contos, além de ser ele mesmo o tema de diversas teses, dissertações e monografias. Muitos de seus livros foram publicados em outros idiomas, como inglês, francês, italiano, espanhol, alemão e romeno.

Sergio Machado Rezende

Professor da Universidade Federal do Pernambuco. É um militante da área de ciência e tecnologia e um valoroso quadro da comunidade científica brasileira. É também um gestor qualificado e experiente, pois ocupou vários cargos antes de trabalhar no Governo Lula. O mais importante, sem dúvida, foi o de secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, no terceiro Governo do inesquecível Miguel Arraes, em Pernambuco. Depois de presidir a Finep, foi convidados para assumir o comando do Ministério da Ciência e Tecnologia, onde lá ficou por 6 anos.

Silvana Maria Lins Lyra

Possui graduação em LETRAS pelo Centro de Estudos Superiores de Maceió,pós-graduação em Psicopedagogia pelo Instituto Batista de Ensino Superior deAlagoas. Tem formação em Terapia Corporal (Método Cienífico de Abordagem Corporal Anátomo-fisiológico, Processos Emocionais e Energéticos) pelo Sindi-Saúde do Estado da Bahia. Professora de Língua Portuguesa e Pesicopedagoga da Escola SESI (Alagoas), responsável pelo trabalho de Inclusão, como também das Ações Educativas nos diversos setores daquela unidade. Membro participante do Programa Projovem Urbano da SEMED. Tem experiência na área de Língua Portuguesa e Psicopedagogia clínica e institucional, com ênfase em Psicopedagogia.

Silvio Gamboa

Possui graduação em Filosofia pela Universidade de San Buaventura (1973), mestrado em Educação pela Universidade de Brasília (1982), doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1987) e livre docência em Filosofia da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Professor Associado MS-5 da Universidade Estadual de Campinas (2000-2009). Professor Titular em Filosofia da Educação (2010). Chefe do Departamento de Filosofia e História da Educação da Unicamp. Tem sido pesquisador visitante nas Universidades: Nacional da Colômbia (UN), Católica de Chile (Campus Villa Rica), Estadual de Maringá, (UEM), Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Federal da Bahia (UFBA), professor visitante na FacultadLatinoamericana de CienciasSociales (FLACSO, Argentina) e na Universidad Nacional de Córdoba (UNC, Argentina). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando e publicando principalmente nos seguintes temas: fundamentos da educação, epistemologia das ciências da educação, pesquisa educacional, teorias da educação, teorias do conhecimento, pesquisa e epistemologia da educação física. Membro do GTT Epistemologia do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte - CBCE (2003-2005, 2005-2007, 2007-2009, 2009-2011). Secretário da Secretaria Paulista do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (2007-2009). Líder do grupo de pesquisa PAIDEIA (2006-2010).Coordenador executivo do grupo de pesquisa PAIDEIA (2010).

Solange Berard Lages Chalita

Possui graduação em Letras Classicas pela Universidade Santa Úrsula (1959), graduação em Direito pela Universidade Federal de Alagoas (1964), graduação em Lingua pela Universite de Nancy I (1971), especialização em Liguistica e Comunicação pela Universidade Federal de Alagoas (1986), especialização em Civilisation Française pela Universite de Paris IV (Paris-Sorbonne) (1968) , especialização em Langue Française pela Alliance Francaise (1967), mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (1997) e doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (2005) . Atuando principalmente nos seguintes temas: Jorge de Lima, ficção, O anjo, Crítica Literária Junguiana. 

Sônia Jaconi

Doutoranda em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, Mestre em Língua e Literatura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2005), graduada em Letras pelo Centro Universitário Fundação Santo André (2002) . Professora de gradução da Universidade Metodista de São Paulo, atuando nos temas de Comunicação Empresarial e Interpessoal, Metodologia, Assessoria Gerencial, Orientação e Supervisão de Estágio nos cursos da Faculdade de Administração e Economia e da pós-graduação (Lato Sensu), desta universidade. Membro do Corpo Editorial do periódico ReFAE (Revista da Faculdade de Administração e Economia), da UMESP. Como pesquisadora, atua na Linha de Pesquisa: Processos Comunicacionais Midiáticos com o projeto de doutorado "Os aspectos comunicaciona is dos Relatórios Administrativos de Graciliano Ramos: discussão de gêneros".

Sônia Maria Ribeiro Jaconi

Doutoranda em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, Mestre em Língua e Literatura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2005), graduada em Letras pelo Centro Universitário Fundação Santo André (2002) . Professora da gradução da Universidade Metodista de São Paulo, atuando na área de Comunicação Empresarial e Interpessoal, Metodológica e Práticas Secretariais nos cursos da Faculdade de Administração e Economia e da pós-graduação (Lato Sensu) nas áreas de gestão da comunicação e assessoria gerencial. Membro do Corpo Editorial do periódico ReFAE (Revista da Faculdade de Administração e Economia), da UMESP. Como pesquisadora, atua na Linha de Pesquisa: Processos Comunicacionais Midiáticos com o projeto de doutorado "Os aspectos comunicacionais dos Relatórios Administrativos de Graciliano Ramos: discussão de gêneros", orientada pelo Prof. José Marques de Melo.

Susana Souto Silva

Doutora em Estudos Literários pela Universidade Federal de Alagoas (2008) e mestre em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1999), com graduação em Letras, Universidade Federal de Alagoas (1993). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Alagoas, onde atua na graduação e na pós-graduação da Faculdade de Letras (Fale). Trabalhou na Universidade Católica de Brasília de 1997 a 2005. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira moderna e contemporânea, Clarice Lispector e Glauco Mattoso, poéticas interartes, memória, leitura e circulação.

Tatiana Lima

Professora da Faculdade Social da Bahia e Doutoranda em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia.

Tereza Ribeiro

Possui doutorado em Programa de Pós-Graduação em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (2005), orientada pela Profa. Dra. Vera Lúcia Romariz Correia de Araújo. Iniciou o curso de Doutorado-Direto na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), da Universidade de São Paulo (USP), sob orientação do Prof. Dr. Roberto Ventura, em 1995

Terezinha Azerêdo Rios

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1965), mestrado em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1988) e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professora do Mestrado em Educação do Centro Universitário Nove de Julho - Uninove (SP) e do Departamento de Teologia e Ciências da Religião da PUC-SP. Trabalhou como professora colaboradora no Programa de Pós-Graduação em Educação/Currículo, no convênio PUCSP / Universidade Pedagógica - Moçambique. É membro do Conselho Editorial de Educação da Cortez Editora. Tem desenvolvido trabalhos na área da Filosofia, da Ética e da Didática e Filosofia da Educação, voltando sua reflexão sobre os temas dos Fundamentos da Educação, da Formação de Professores, da Competência Profissional.

Thalita Rebouças 

É uma jornalista e escritora brasileira que escreve livros direcionados ao público adolescente.
Sua carreira começou em 1999, mas ela só ficou conhecida do grande público em 2003, quando passou a publicar seus livros pela editora Rocco. Desde então, lançou nove títulos e em abril de 2009 já tinha vendido mais de 400 mil exemplares. Em 2005, começou a assinar a coluna Fala Sério! na última página da Revista Atrevida. Ela também fez várias participações em programas da TV Globo, sempre relacionadas ao público adolescente e atualmente onde faz o quadro EE de Bolsa, do Esporte Espetacular.

Vera Romariz

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Alagoas (1977), mestrado em Letras e Lingüística pela Universidade Federal de Alagoas (1989) e doutorado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1999). Atualmente é professor aposentado da Universidade Federal de Alagoas,com uma assessoria cultural no Centro de estudos Superiores de Maceió,onde montou um núcleo de extensão.. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Estudos Culturais, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, cânone, narrativa, poesia e literatura,coordenação de programas de extensão.

Victor de Almeida

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), membro do Grupo de Pesquisa Comunicação, Cultura e Música Popular Massiva (UFAL/UFPE) e produtor do Festival LAB de Música Contemporânea. 

Waldênio Florencio Porto

Médico pela Universidade Federal de Pernambuco, escritor e Presidente da Academia Pernambucana de Letras. Há vários livros publicados.

Wilma Nóbrega

Membro da Câmara Setorial do Livro e Leitura/MINC - representando a região Nordeste.  Coordenadora do Instituto Arnon de Mello. Coordenadora do Comitê Estadual do Proler - Programa Nacional de Incentivo à Leitura. Professora da UNEAL. Coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas desde 1995. Participante da Comissão de Seleção de Acervos par Bibliotecas Púbicas a convite do MINC, na Biblioteca Nacional-RJ. Responsável pela organização técnica da Biblioteca da Academia Alagoana de Letras.

Zoara Failla

Socióloga formada UNESP-SP, com mestrado em psicologia social cursado na PUC-SP e pós-graduação pela FGV-SP. Foi consultora do PNUD- Programa de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas- assumindo a coordenação de programa de aperfeiçoamento para ensino médio (PROMED) da Secretaria Estadual de SP. Desenvolveu projetos voltados a formação de profissionais que lidam com jovens que cumprem medidas socioeducativas.  Foi consultora em projetos de formação profissional em países africanos de língua portuguesa (5 PALOPS).  Atualmente coordena a área de projetos do Instituto Pró-Livro – IPL  – organização criada e mantida pelas entidades do livro (Abrelivros, CBL e SNEL) -  desenvolvendo ações voltadas ao fomento a leitura e a democratização do livro. Entre essas ações vale destacar que participou da equipe de coordenação: do programa O Livro e a Leitura nos Planos estaduais e Municipais, em parceria com PNLL/MINC e MEC; do Premio Professores do Brasil promovido pelo MEC; da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil promovida pelo IPL. Assumiu a curadoria das instalações infanto juvenis, que fizeram muito sucesso nas Bienais de SP e RJ: Biblioteca Viva (SP); O Livro é Uma Viagem (SP); Mãe Lê Pra Mim e  Sitio Pro – Livro na  Reatch (SP).

  • realização

  • Ufal
  • Edufal
  • Edufal 50 anos
  • palestras audálio dantas

  • Petrobras
  • patrocínio internacional

  • Santander
  • patrocínio auditório

  • Braskem
  • país homenageado

  • Governo da Itália
  • Selo do Momento Itália-Brasil
  • Instituto Dante Alighieri
  • patrocínio cultural

  • Eletrobras
  • Banco do Nordeste
  • Ministério de Minas e Energia
  • Ministério da Cultura
  • Governo Federal
  • patrocínio espaço gourmet

  • Senac
  • Sebrae
  • Abrasel
  • patrocínio túnel do livro

  • Instituto Pró-Livro
  • Fecomércio
  • Sesc Alagoas
  • apoio

  • Governo do Estado de Alagoas
  • Prefeitura Municipal de Maceió
  • CBL
  • Abeu
  • ANL
  • Instituto Arnon de Mello
  • Organização Arnon de Mello
  • parceiros

  • algás
  • FIEA
  • Fiat
  • FAPEAL
  • OI
  • Prefeitura Municipal de Arapiraca
  • Revista Isto É
  • FITS
  • UNIT
  • Instituto Zumbi dos Palmares
  • Sardegna Hotel
  • Hotel Ponta Verde
  • FUNDEPES