25 de outubro a
3 de novembro de 2013
Centro Cultural e de
Exposição Ruth Cardoso
03/11/2013
6ª Bienal do Livro é sucesso de público e vendas
Foram 260 mil pessoas nos dez dias de evento; aumento de quase 40% mais que a bienal passada

Alessandra Vieira - jornalista

Em dez dias, 260 mil visitantes – entre eles, 80 mil alunos –, 146 estandes, 22 mil títulos, 45 oficinas. Os números da 6ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas foram comemorados pela diretora da Editora Universitária da Ufal (Edufal), Stela Lameiras, na entrevista concedida, neste domingo (3), ao jornalista Carlos Madeira, no estande do Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).

Desde o último dia 25 de outubro, graças a uma programação especial em comemoração aos 30 anos da Edufal, o público pode mergulhar no universo criado para Descobrir nas palavras a magia dos sentidos, tema deste ano. “Foi maravilhoso ver as pessoas de diferentes idades participando, folheando livros, andando pelos corredores. A Bienal foi realmente um sucesso. Além do mais, ela não é mais um evento da Ufal, ela já pertence a Alagoas. Ela é como um filho que foi colocado no mundo e agora já anda com suas próprias pernas. Por isso quero agradecer a todos os nossos apoiadores, patrocinadores e parceiros”, disse Stela.

Pelos palcos da Bienal passaram nomes como Audálio Dantas, José Marques de Melo, Bia Bedran, Paula Pimenta, Leda Nagle, Boaventura Santos, Alberto Felipe e Luís Serguilha, Jessier Quirino, Humberto Gessinger, Tico Santa Cruz, Maitê Proença, Débora Seabra e Emir Sader. “Muito interessante também foi a pluralidade desta Bienal com a vinda desses músicos e artistas escritores”, comentou.

A resposta do público consumidor também foi comentada pela professora durante a entrevista. “As pessoas também consumiram muito. Hoje à tarde, estandes de duas editoras tiveram que ser fechados porque não havia mais livros para serem vendidos”, contou. 

Outro ponto destacado pela diretora foi a diversidade de espaços além dos dedicados à comercialização de livros. “Tivemos muitos estandes de instituições como Sesc e Senac, provando que a Bienal do Livro é também a Bienal da Cultura. Como professora de Língua Portuguesa estou realmente muito feliz e emocionada por fazer parte do evento”, comemorou.

Realização
Patrocínio
País Homenageado
Patrocínio Cultural
Gráfica Oficial
Apoio