Determinação social da saúde e enfrentamento da Covid-19: o lucro acima da vida

Parte da determinação do processo saúde e doença que envolve o conceito amplo de saúde, em que adoecimento e morte da população é historicamente determinado pelas diferentes condições de trabalho e
de vida. Portanto, os capítulos tratam de como essa determinação se expressa na realidade de pandemia do novo Coronavírus. Abordam a desigualdade social que é estrutural ao capitalismo e se torna mais evidente no contexto de pandemia e atinge fortemente a classe trabalhadora, as negras e negros, as mulheres e as pessoas com sofrimento ou transtorno mental. Apresentam as respostas dos sistemas de saúde à COVID-19 – seja na alocação de recursos, na distribuição dos leitos, no âmbito da saúde mental, no apoio estatal à saúde suplementar, e na denominada nacionalização da saúde – que privilegiam a mercantilização da saúde e da vida, em nome do lucro. A privatização da água também compõe o conjunto dessa mercantilização. Uma plêiade distinta de temas é analisa por pesquisadoras e pesquisadores de algumas das diversas matrizes teóricas críticas da Universidade Federal de Alagoas.

FAZER DOWNLOAD

Organizadores: Maria Valéria Costa Correia; Aruã Silva de Lima

Páginas: 112 p.

Editora: EDUFAL

ISBN: 978-65-5624-022-0