Pela porta de serviço: análise espacial das dependências de empregadas dos edifícios de apartamentos nas décadas de 1960-1990 na cidade de Maceió/AL

A dependência de empregada constitui o elemento mais controverso da moradia brasileira. Um ambiente originalmente criado para permanência noturna da trabalhadora doméstica, que carrega uma forte carga simbólica vinculada à lógica de pensamento escravocrata do período colonial e à estratificação social que marcou a construção da sociedade brasileira. Nesta obra são desvendadas as diferentes configurações que marcaram as dependências de empregada dos apartamentos de edifícios verticais construídos até o final da década de 1990 no Brasil, e, de forma detalhada, na cidade de Maceió/AL.

Este produto está fora de estoque e indisponível.

Autora: Jéssica Caroline Rodrigues de Lima
Páginas: 180
Editora: Edufal, Fapeal e Imprensa Oficial Graciliano Ramos
Edição: 1ª (dezembro de 2021)
Idioma: Português
ISBN: 978-65-5624-072-5