Tipos de Testes de Software: Quais os principais

Um teste de software não funcional serve para avaliar a operação da aplicação em casos inesperados. Eles vão entender o projeto, sinalizar quais testes devem ser executados, realizar essas ações e apontar eventuais problemas encontrados. Do ponto de vista do desenvolvedor, investir em metodologia de teste de software e buscar ferramentas de teste de software para garantir a qualidade de uma solução nos vários estágios de desenvolvimento implica também em economia. Também é importante saber que o teste de software é um processo que pode ser automatizado. Dessa forma, é fundamental que você entenda qual o melhor tipo de teste e a forma como ele deve ser feito para que cumpra os objetivos propostos.

O teste de software é uma forma de identificar e solucionar os erros de um sistema antes que ela chegue até o cliente. Dessa forma, a sua equipe tem a oportunidade de melhorar o software e entregá-lo apenas quando perceber que está totalmente adequado ao que foi solicitado pelo consumidor. Se os comandos dados respondem rapidamente, se os componentes não demoram muito a carregar e se a experiência do usuário é satisfatória no produto testado.

Técnicas e ferramentas úteis para testes de software

Isso é importante porque talvez você tenha a impressão errônea de que não há mais nada a ser feito para aprimorar o programa antes de lançá-lo e ele apresenta problemas na hora de rodar algumas de suas funcionalidades. Basicamente, o teste faz parte de um processo no desenvolvimento do programa, podendo ser feito pelos próprios desenvolvedores ou, em alguns casos, feito por profissionais especializados na área. O procedimento tem como objetivo antecipar e corrigir falhas e bugs que apareceriam https://tripleten.com.br/blog/diferentes-tipos-de-testes-de-software/ para o usuário final. Já os testes automatizados nos trazem a praticidade de ter scripts, ferramentas como os mocks, citados neste artigo e técnicas que agilizam o processo. Eles nos ajudam a descobrir rapidamente se o sistema está com o desempenho esperado, e por serem automatizados, podem ser executados sem a necessidade de uma pessoa em todas as etapas de testes. Até a data da escrita deste artigo, não temos uma definição exata de quais tipos de testes são de fato os principais.

Mesmo porque a verificação inclui a checagem de certas especificações apenas e não de todo o sistema. Veja se de fato ele está sendo suficiente para evitar falhas, poupar seu time de suporte https://tripleten.com.br/ e manutenção e manter seu cliente satisfeito. Assim, é mais simples encontrar problemas no início do projeto, já que a aplicação é que deverá se adaptar ao que é esperado dela.

Gerenciamento de testes

Assim, podemos ter um parâmetro de quais atributos precisam ser testados com mais prioridade em um teste de software. Habitualmente o teste de software é uma das últimas etapas antes que seja disponibilizado ao mercado e deve ser feito por testadores de software, também conhecidos como homologadores, analistas e técnicos de testes. Teste de software é um controle de qualidade que pode envolver etapas desde a escolha das condições em que a aplicação vai ser colocada à prova até a simulação de uso real dela e o desenvolvimento de relatórios sobre os resultados obtidos. Existem diversos tipos de teste de software e cada um deles tem determinadas funções e objetivos.

tipos de testes de software

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *